Big Mac mais caro no Brasil: Inflação atinge lanche icônico

O aumento da inflação no Brasil afetou até mesmo um dos lanches mais conhecidos do mundo.

O preço do Big Mac da rede McDonald’s subiu quase 78% nos últimos cinco anos, de acordo com um levantamento realizado pela Cuponation.

Atualmente, o preço médio para o combo do Big Mac no Brasil é de R$ 32, o que o coloca em 60° posição em uma lista dos 100 países com o lanche mais caro do mundo.

Em 2018, o preço era de R$ 18, o que representa uma alta de 77,7% no período.

Na América Latina, o Peru apresenta o preço mais baixo para o combo do Big Mac, ao custo de R$ 20,36, ocupando a 94° posição no ranking global. Já no Uruguai, o preço mais caro da região, R$ 51,39, coloca o país em sétimo lugar na lista.

Na última posição entre as cem nações participantes do índice, está a Líbia, com um preço de R$ 18,25 para o combo do Big Mac.

Já a Suíça lidera a lista, cobrando R$ 82,91 pelo produto, seguida por Israel e Islândia, com preços de R$ 82,43 e R$ 71, respectivamente.

A inflação tem afetado a vida das pessoas de várias maneiras e até mesmo o preço de um lanche tão popular quanto o Big Mac não está imune.

É importante acompanhar os movimentos do mercado e planejar as finanças de maneira adequada para lidar com os aumentos de preços.

No entanto, ainda é possível encontrar alternativas mais baratas, como no Peru, onde o preço do combo do Big Mac é mais acessível.

É sempre possível buscar soluções criativas para enfrentar a inflação e continuar desfrutando dos nossos produtos favoritos.

País – Preço do Combo

  • Suíça – R$ 82,91
  • Israel – R$ 82,43
  • Islândia – R$ 71
  • Noruega – R$ 62,18
  • Dinamarca – R$ 59,14
  • França – R$ 53,89
  • Uruguai – R$ 51,39
  • Austrália – R$ 49,96
  • Bélgica – R$ 49,49
  • Malta – R$ 49,49

O artigo discute um levantamento sobre o aumento de preço do Big Mac da rede McDonald’s no Brasil, que subiu quase 78% nos últimos cinco anos.

O preço médio para o combo do lanche no Brasil é de R$ 32, colocando o país em 60° posição em uma lista dos 100 países com o lanche mais caro do mundo.

Entre os países da América Latina, o Peru apresenta o preço mais baixo para o combo do Big Mac, enquanto o Uruguai apresenta o preço mais alto da região.

A Suíça lidera a lista de países com o lanche mais caro, seguida por Israel e Islândia.

O artigo destaca a importância de acompanhar os movimentos do mercado e planejar as finanças para lidar com o aumento de preços, mas também aponta alternativas mais baratas.