Dicas de Empoderamento Feminino para Finanças Pessoais

Por que as mulheres ainda têm menos confiança do que os homens quando se trata de falar sobre dinheiro e como administrá-lo?

Publicidade

Quando estamos em um mundo que nem sempre é legal ao sexo feminino, o controle das finanças pessoais se torna uma importante ferramenta para a conquista da liberdade.

Para muitas, também é uma questão de headspace. Em muitas casas, quem lida com as finanças do dia-a-dia: compras, contas, taxas de escola, seguro, veterinários para os animais de estimação entre outros.

Apesar das conversas com o marido sobre uma divisão justa do trabalho, como os dois trabalham em tempo integral, a mulher continua sendo o gerente doméstico padrão.

Então, aqui estão cinco regras para se tornar mais confiante e menos estressado sobre finanças pessoais.

Enfrente suas questões financeiras

Tome uma decisão positiva para assumir o controle de suas finanças pessoais, em vez de simplesmente ser levado pela rotina do dia-a-dia.

Plantando investimentos

Arranje tempo para essas discussões difíceis

Se você precisa discutir finanças com um parceiro, encontre um momento em que você possa ignorar outras demandas e compromissos por algumas horas.

Trate-o como um trabalho

Traga um pouco do rigor que você aplica a outros aspectos de sua vida, seja trabalho, estudo ou cuidado infantil.

Para o trabalho, tenho uma mesa organizada com pastas e tudo o que você precisa.

Para as finanças domésticas, tenho uma gaveta organizada com as contas e documentos importantes.

Obtenha algumas pastas, crie espaço em uma prateleira para elas e crie uma classificação.

Desenvolva suas metas de curto e longo prazo

Seus orçamentos semanais e mensais serão diferentes dos seus objetivos de longo prazo, mas dê a eles a mesma importância.

Obter aconselhamento

Uma maneira de se sentir capacitado para falar e gerenciar finanças pessoais com confiança é aumentar o seu conhecimento.

Uma ótima maneira de fazer isso é procurar e falar com um consultor financeiro que você se sinta confortável.

E você certamente não precisa ser um indivíduo de alta renda para se beneficiar de conversar com um consultor.

Então, aproveite o momento e tome medidas hoje.

Essas foram algumas dicas que eu espero que auxilie inúmeras mulheres a assumir o controle de suas vidas financeiras.

Enquanto as desigualdades não acaba, podemos evitar as desvantagens geradas pela injustiça através da educação financeira.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top